Contato (22) 9 9750-4132 - ID 88*136923 E-mail: blogdoprofessorarmando@gmail.com

teste

29 de novembro de 2014

Porto do Açu começa a operar no Rio de Janeiro e recebe primeiro navio.

O navio Key Light é carregado no Porto de Açu, no Rio de Janeiro, no sábado (25)


A Prumo Logística (PRML3) informou nesta terça-feira (28) que o Porto de Açu já está em operação no Rio de Janeiro. No último sábado (25), o navio "Key Light" foi carregado com 80 mil toneladas de minério de ferro no píer dedicado do Terminal 1. O carregamento marcou o início de operação do empreendimento. A embarcação, que chegou ao porto no dia 22, está atualmente a caminho da China."Este primeiro navio representa um marco histórico para o porto. Já temos vários clientes produzindo, mas o embarque da Anglo American é o primeiro realizado. Agora estamos focados em iniciar a movimentação de embarcações no Terminal 2 até o fim do ano", comemora Eduardo Parente, presidente da Prumo Logística.

Empreendimento era de Eike
O Porto do Açu era tocado pela LLX, empresa de logística do grupo de Eike Batista. Com a crise que se abateu sobre seu império no ano passado, Eike vendeu a LLX, e a empresa mudou de nome para Prumo.
O Porto do Açu está localizado em São João da Barra, no norte fluminense, e tem 17 km de píeres, que poderão receber até 47 embarcações simultaneamente. Ele tem um terminal offshore e um terminal onshore.


Uol São Paulo 28/10/2014.

8 de novembro de 2014

QUANTO CUSTA ESTUDAR MEDICINA.



Abaixo faremos um cálculo médio de gastos de um estudante de medicina, a fim de calcular o custo total dessa graduação e o investimento necessário para tornar-se um Médico.
Mensalidade: O primeiro fator a ser levado em consideração é a mensalidade da faculdade de Medicina, caso ela seja uma instituição de ensino privada. O valor médio da mensalidade é de R$ 4.000,00. Considerando os seis anos de graduação, o valor chega ao total de R$ 288.000,00.
Moradia: O gasto com moradia deve ser considerado caso o estudante precise mudar de cidade para estudar. Nesse caso, considerando uma cidade de médio porte, o gasto médio é de R$ 700,00 por mês, considerando que neste valor estão inclusas todas as despesas, como água, luz, internet, entre outros. Levando-se em conta os anos de graduação, o investimento é de R$ 50.400,00.
Alimentação: Caso o estudante more fora, haverá o gasto com alimentação que pode variar bastante, desde refeições em restaurantes oferecidos pelas próprias instituições, com preços mais acessíveis, até restaurantes tradicionais, onde o preço é um pouco mais elevado. Como valor médio estipulamos um gasto de R$ 30,00 por dia, com isso chegamos ao valor de R$ 10.800,00 por ano e R$ 64.800,00 durante toda a graduação.
Transporte: Em algumas cidades há a necessidade de utilizar transportes públicos para chegarem às salas de aulas. Nesse caso consideramos o gasto médio de R$ 6,00 por dia. Com isso, chegamos ao valor de R$ 2.160,00 por ano e R$ 12.960,00 durante toda a graduação.
Materiais de Estudos: Os livros de Medicina são, em geral, muito caros, porém esse gasto pode não ser necessário, tendo em vista que muitas dessas instituições oferecem uma boa biblioteca com grande acervo de livros e artigos científicos à disposição dos estudantes. Mas, caso seja a vontade do graduando, os gastos podem chegar a até mais de R$ 600,00 em um único livro.
Materiais de Trabalho: Outra preocupação dos estudantes é em relação aos equipamentos de trabalho e à necessidade de ter de comprá-los durante a graduação. Esses equipamentos são o jaleco, o estetoscópio, termômetros e aparelhos de aferir a pressão arterial. Os gastos com esses materiais não chegam a R$ 500,00 nos modelos mais básicos.
Conclusão: Com isso, podemos afirmar que o custo para estudar Medicina em uma instituição privada de ensino superior pode chegar a R$ 417.160,00 (trazendo este valor para o presente líquido) durante os seis anos da graduação de um estudante morando em outra cidade. Já em uma instituição de ensino pública, o valor chega por volta de R$ 129.160,00. Nestes casos desconsideramos os gastos durante as férias, viagens de fins de semana para a casa, além de outros gastos que podem acontecer durante toda a graduação e que aumentam consideravelmente esta conta.
Mundo Vestibular.